domingo, 1 de maio de 2011

Darkside

"Minha sombra me acompanha desde então, nos meus sonhos, com as pessoas que conheço, em tudo"

Arfando e esbravejando, lá estou eu brigando novamente com minha esposa.Esse sou eu, não a minha sombra, que me ataca tenazmente, quando estou só.
Ela é boa comigo, me dá conselhos, me ensina como não ser.

A dor invadiu-me, ela estava vindo (matematematematematemate), sua voz estava rouca nessa manhã, a maldita consegue me dominar.

Parto para cima de minha amada esposa com os dedos abertos, prontos a alcançar seu lindo pescoço.Ela cai diante de mim, num desmaio belíssimo.
Alcanço a cadeira ao meu lado e atinjo o corpo desfalecido da mulher que me deu um filho.

A cadeira se quebra em pedaços, assim como as costelas de minha esposa.
Saio de casa, com cigarro na boca, marcas da briga em minhas mãos.Nenhuma culpa em meu coração.

Quando acordo desse pesadelo, estou em uma cama, com quatro mulheres.
Não é a primeira vez que isso acontece.Corro desesperado até minha casa.

Vejo meu filho, chorando, ao corpo de sua mãe, ela não sobrevivera.




Minha sombra me apodera desde então, nos meus sonhos, com as pessoas que conheço, em tudo


2 comentários:

  1. Meu lado negro é assim também...

    Uma vontade louca de esganar muita gente...


    "Apreciamos em outros, aquilo que nos falta"

    Também aprecio muito a forma como você escreve...

    ResponderExcluir
  2. Mt bom mesmo,
    Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir